HARMONIA
A Gerência

Harmonia é também o reconhecimento e respeito mutuo entre os sócios Marco Costa - chef de cozinha, e Domingos Valente - responsável pela seleção e preparação do peixe e das carnes.

Domingos Valente

Em 1989, Domingos Valente juntou-se à equipa do restaurante Harmonia da Beira, do qual viria, mais tarde, a tornar-se sócio.

No Harmonia da Beira, Domingos Valente desenvolveu e aprimorou a arte de bem servir, fator primordial que vem a influenciar positivamente todo o seu percurso e objetivos profissionais, tendo também aqui conhecido e trabalhado com o seu atual sócio Marco Costa.

Em 2011, Domingos Valente e Marco Costa criam uma sociedade, e a 22 de Setembro desse mesmo ano nasce o novo projeto - Zé do Cozido, contando sempre com a orientação dos pais de Marco Costa, António e Natividade, que entretanto já haviam encerrado o Harmonia da Beira, em 2009.

Foi aqui, no Zé do Cozido, que se apuraram gostos e se melhoraram as formas de servir e de estar. De 2011 a 2019 o restaurante de 42 lugares foi se tornando demasiado pequeno para atender aos muitos clientes que os demandavam diariamente, e também demasiado limitado para servir os sonhos e objetivos profissionais de Marco Costa e Domingos Valente.

Chegados ao conceito pretendido, Domingos e Marco avançam assim para o projeto que hoje se apresenta: o Harmonia Restaurante.

No Harmonia, Domingos Valente é o responsável pelas compras, preparação e seleção de carnes, peixes e mariscos, para que os Chefs Marco Costa e Alceu Tão tenham sempre à sua disposição matéria prima da mais elevada qualidade, que possibilite a excelência da confeção e apresentação dos respetivos pratos.

Privilegiando sempre a qualidade e frescura dos alimentos, Domingos Valente, do vastíssimo cardápio de alimentos que diariamente prepara e seleciona, são de salientar as carnes Alentejanas, as carnes Nobres importadas e o peixe do Mar.

Domingos Valente
Marco Costa

Marco Costa

Marco Costa cresceu entre as paredes do Harmonia da Beira, restaurante de seu pai, que durante mais de três décadas proporcionou aos seus clientes boa comida num espaço harmonioso. Foi no Harmonia da Beira que ganhou o gosto pela cozinha e pela arte de bem servir, fator primordial que vem a influenciar positivamente todo o seu percurso e objetivos profissionais, tendo também aqui conhecido e privado com o seu atual sócio Domingos Valente.

Perseguindo o seu sonho, Marco Costa frequentou um curso de cozinha na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, onde se vem a formar em 2004, e onde vem a criar amizade com Alceu Tão, que é atualmente Chef no Harmonia-Restaurante.

Entre 2005 e 2011, Marco Costa trabalhou nas cozinhas do Hotel Méridien e do Hotel Altis, que se revelam experiências profissionais bastante enriquecedoras no seu percurso profissional.

Em 2011, Domingos Valente e Marco Costa criam uma sociedade, e a 22 de Setembro desse mesmo ano nasce o novo projeto - Zé do Cozido, contando sempre com a orientação dos pais de Marco Costa, António e Natividade, que entretanto já haviam encerrado o Harmonia da Beira, em 2009.

Foi aqui, no Zé do Cozido, que se apuraram gostos e se melhoraram as formas de servir e de estar. De 2011 a 2019 o restaurante de 42 lugares foi se tornando demasiado pequeno para atender aos muitos clientes que os demandavam diariamente, e também demasiado limitado para servir os sonhos e objetivos profissionais de Marco Costa e Domingos Valente.

Chegados ao conceito pretendido, Domingos e Marco avançam assim para o projeto que hoje se apresenta: o Harmonia Restaurante.

No Harmonia, o Chef Marco Costa é o chefe da cozinha, onde conta com a estreita colaboração do seu amigo Chef Alceu Tão.

E o sonho torna-se uma realidade... a cozinha portuguesa de qualidade também pode ter empratamentos minuciosos, com requinte e bom gosto.

E o sonho continua...

Estamos a usar cookies para lhe proporcionar a melhor experiência no nosso website. Ao continuar a utilizar o nosso website estará a concordar com a nossa utilização de cookies.
Para mais informações leia a nossa Politica de Privacidade.